Aquele pequeno tesouro perdido

Andava eu a arrumar a secretária quando achei aquele pequeno tesouro perdido: uma carta. Escrita com papel e caneta,vinda directamente do Luxemburgo assinada pela minha prima a alguns dois anitos. Foi a única que me enviou - pelo simples facto de trabalhar a maior parte dos dias - e a única que recebi na vida.
Pelo menos recebi alguma,mesmo que seja apenas uma!


Share This Article:

,

CONVERSATION

1 comentários :

  1. Eu nunca recebi uma, tirando as do banco e da escola. Hoje em dia toda a gente escreve mails. Mas era tão giro escrever cartas e coleccionar os selos. :)

    ResponderEliminar