Dia 23 - Uma carta escrita por ti, para um destinatário à escolha.

31/08
«Alguém escreveu «Muita gente falando de amor e pouca gente sabendo amar».
Por vezes detenho-me a reler os rascunhos das cartas que te escrevi ao longo destes 3 meses. Sim 3 meses. Por um lado foi tudo tão...repentino. E por outro, sempre tão certo,como se de alguma forma estivesse destinado assim. Desde sempre.
Talvez eu acredite um pouco nessas coisas do destino,não digo que tudo está escrito nas estrelas ou algo do género.Não digo que não temos qualquer poder de decisão sobre o controlo das nossas vidas mas...sei lá...de alguma forma,apareces-te no momento em que mais precisava após estudar 2 anos tão perto de ti,a ver-te todos os dias mais que uma vez.
Sem qualquer margem para dúvida,tu foste a melhor coisa que me aconteceu este ano sabes? Confesso que na passagem de ano 1 dos 12 desejos pedidos foi encontrar alguém que me amasse,alguém quem eu pudesse amar. Mas ao descobrir-te,percebi que o meu desejo não só se realizou como me mostrou que é sempre algo mais que isso. Quero dizer, amar alguém trás muito mais que isso. Não só amor,mas aquele instino de proteger,de cuidar. E eu sinto-me protegida junto de ti,quando me envolves com os teus braços,quando me beijas com esses teus lábios pequeninos.
É isso. Fazes-me sentir amada,protegida. E sobretudo fazes-me feliz.
Vivi mais intensamente estes 3 meses do que o resto do ano.
Já partilhámos tantas histórias,tantos momentos,tantos beijos e abraços,tantas brincadeiras. Já sorri ao olhar para as nossas fotos ou para as tuas mensagens,já chorei com medo de te perder. Já rabisquei cartas que nunca te foram entregues. Já escrevi mensagens e apaguei-as sem as enviar. Já escutei músicas que me fizeram viajar no tempo,viajar para o futuro que tanto anseio para nós os dois.Já tive dúvidas se serei o suficiente para ti e tenho certezas que és mais do que o suficiente para mim. Mas é de tudo isto e muito mais que uma relação é feita certo? De barreiras impostas,de obstáculos vencidos,de receios sem razão de ser,de descobertas,de felicidade,de desejo.
Venha o que vier, eu sei que nunca irei desistir de ti,nem de nós.
Amo-te meu amor. E por muitas cartas que possa vir a escrever,por muitas palavras que se gastarão com o tempo há apenas uma que nunca se gastará: Amo-te.»

Share This Article:

, , ,

CONVERSATION

6 comentários :

  1. r: Pois é, mas gosto bastante :b
    Se jogo bem? Não sei, mas só sei que gosto ahah

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu jogo melhor GT na psp do que na PS xD Controlo melhor os carros AHAHA e volta na volta mando uma passa ao da frente quando nao e deixa passar:P É um jogo giro eu so gosto de jogar coisas deste tipo. Aqueles jogos mais"leves" não me dão pica nenhuma e depois ficam de lado por isso quando compro,compro algo que eu consiga jogar xD

      Eliminar
  2. r: Por acaso, não conheço esse jogo :o , mas também gosto de jogos que implica completar missões. Isso sim :b

    ResponderEliminar