Estou por aqui,ainda

Sabem porque desapareci do blog? Porque tenho uma gaita de uma constipação que não me larga nem por nada! A verdade seja dita, gosto do facto de ter tempo para pôr a leitura em dia e as séries mas não gosto de estar doente. Não gosto mesmo. É um mau estar constante,sem paciência para nada --'
Passando à frente. Depois de ler este último livro lançado pelo Nicholas Sparks - o qual eu simplesmente adorei e não esperava pelo rumo da história - li «Uma Prova do Céu». Confesso que apesar dos termos demasiado técnicos e médicos sobre neurocirugia e afins,até gostei da história.
Melhor que isso é mesmo descobrir que uma colega de curso da minha mãe também adora ler e tem uma data de livros,nomeadamente do Nicholas Sparks, e melhor ainda é ela ter os que eu ainda não li AHAHAHA pronto poupo dinheiro e vamos emprestando entre nós :D

«Sinopse
Em novembro de 2008, um reputado neurocirurgião americano contraiu uma espécie rara de meningite. Levado de urgência para o hospital, entrou em coma. Durante sete dias esteve em morte cerebral. Quando a equipa clínica discutia já a hipótese de desligar a máquina, deu-se o primeiro milagre: o médico despertou. O segundo milagre, só o viríamos a conhecer em Uma Prova do Céu. Nos sete dias em que esteve cerebralmente morto, o neurocirurgião viajou até um território inexplorado - a vida depois da morte. O cético cientista, que durante anos negara a existência de Deus, viu-se de repente no meio da mais profunda e assustadora escuridão. Movido pela vontade de se libertar e guiado por um anjo, entrou num reino onde encontrou Deus - que lhe confiou, em três simples frases, uma mensagem reveladora. Ao sétimo dia, quando emergiu do coma, soube que a sua vida nunca mais seria a mesma. Autor de mais de 200 artigos científicos, percebeu que a ciência e o divino podem viver lado a lado. E que, como neurocirurgião, iria continuar a investigar os segredos do cérebro, mas agora munido da certeza de que a vida continua depois da morte.»

Share This Article:

, ,

CONVERSATION

2 comentários :