Carta à minha mãe


Mãe querida,
Queria que fosses uma mulher feliz. Queria poder ver-te sorrir de felicidade e não apenas para tentar esconder o que sentes. Queria ter possibilidades de nos tirar daqui.
Mereces tanto e dão-te tão pouco.
Queria que tivesses um homem que te amasse todos os dias e não apenas quando precisa; que te tratasse da forma que mereces em vez de palavras amargas e ignorância. Queria que fosses realmente feliz. Que te dessem todo o amor que dás sem querer nada em troca mas que o mereces.
Queria ter um pai que me amasse também, que demonstrasse isso em vez de palavras azedas e egoísmo.
Queria, quero, tanta coisa para ti e não sei como tas dar. Resta-me apenas amar-te de todo o meu coração, todos os dias, a tentar preencher aquela dor que te causam.
Amo-te tanto minha querida mãe! 

Share This Article:

CONVERSATION

4 comentários :

  1. Consigo identificar-me em parte com o teu texto, por vezes, as mães fazem de mais e são as que menos são reconhecidas.

    ResponderEliminar
  2. Ter uma filha como tu com certeza que já a ajuda a ver a vida com uma cor melhor :) forcinha *

    ResponderEliminar
  3. r: sim o que ela disse tem toda a lógica não são todos os homens

    ResponderEliminar
  4. Aw, super querida
    NOVO POST hashtagwwgu.blogspot.pt

    ResponderEliminar