Deixa-me Amar-te#Excerto


«Entrou na água e deixou-se levar. Durante algum tempo permaneceu sentado na prancha com os pés a baloiçar dentro de água ao ritmo das ondas. Estava tão desesperado e sufocado pela dor que não pensou em surfar. Não pensou no irmão, na irmã, na mãe nem em Sara. Não pensou na vida que ali tinha construido nem nos planos que traçara para o futuro. Não pensou em nada. Apenas na tristeza que carregava dentro de si. Deixou-se levar pela escuridão. Soltou a prancha do tornozelo e deixou que a maré o levasse.»

Share This Article:

CONVERSATION

6 comentários :

  1. r:Muito bom :D quero ler mais eheh

    ResponderEliminar
  2. Já trabalhei. Agora uso mais Blender e Sketchup mas acho que vou tentar aprender Rhino :)

    ResponderEliminar
  3. Da net mas deu-me imensos problemas a instalar, nem te conto! Mas acho que eles tinham qualquer coisa em que os estudantes de ensino superior tinham acesso ao CAD por X tempo sem terem de pagar

    ResponderEliminar
  4. Pois, isso realmente aconteceu a colegas meus... É foleiro

    ResponderEliminar
  5. Gostei bastante do que li. É da tua autoria?
    R: Olha para ser sincera estou ansiosa para que aquilo forme crosta de uma vez por todas e me dê descanso. Porque devido ao local não consigo dormir para o lado esquerdo, que é para o lado que durmo melhor. Mete-me confusão andar assim na rua, porque não tenho penso colocado, nem base posso usar porque aquela área vai sobressair. Uma chatice!

    ResponderEliminar