«O que temos para hoje é saudade»

Como poderia mentir e dizer que não sinto a tua falta? Que não sinto a falta dos teus beijos, dos teus braços à minha volta. Sinto a falta do que éramos e do que poderíamos (espero que um dia ainda possamos) vir a ser, juntos. Sinto a falta de sonhar e sobretudo, acreditar que esses mesmos sonhos se realizariam com toda a certeza. Sinto a falta de tanta coisa que tenho medo que esta distância que se impôs entre nós aos poucos, crie novamente aquele muro gigantesco à minha volta. Não quero isso. Outra vez, não. Não depois de dois anos livre desse muro estúpido.
Cresci, quero coisas que há dois anos talvez não quiesesse, mas uma das que sempre quis...quero...és tu.
Quero-te a ti. Quero ficar contigo, e sobretudo quero que tenhamos forma de ficarmos juntos como queríamos.
Amo-te. E como disse, espero por ti, quando te encontrares. Espero por ti, estarei aqui.

Share This Article:

CONVERSATION

6 comentários :

  1. Esperamos sempre por quem amamos, porque não deixamos de acreditar que um dia tudo se compõe.

    ResponderEliminar
  2. Quando amamos esperamos o tempo que for preciso :)

    ResponderEliminar
  3. E verás essa espera e esse esforço recompensado querida

    ResponderEliminar
  4. Quem ama sente a falta.

    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderEliminar