(Quase) 9 anos de saudade


Amanhã é o teu dia. Sim, é. 
Mesmo não sabendo onde estás, continua a ser o teu dia e sempre será. Amanhã farias os teus 75 aninhos. 
Como seria, avô? Será que fazíamos uma bela festa para ti? Como seria se ainda te tivesse aqui? O que pensarias/dirias de mim? Será que te tenho deixado orgulhoso? O que eu dava para poder estar contigo 5 minutos, falar contigo. Abraçar-te uma última vez e despedir-me de ti, o que não fiz há quase 9 anos atrás. 
Nunca te disse adeus, não te vi uma última vez muito menos no funeral. Não quis. Simples assim. Não te quis ver..morto.
Preferi manter-te vivo na minha cabeça, aquela imagem de como eras. Ainda sonho contigo, como eras antes daquele maldito cancro, com a tua cabeleira sempre bem penteada e os óculos esquisitos.
Não foste um homem perfeito - ninguém é - mas posso dizer que foste um dos melhores homens que já conheci. Crias-te e amas-te como se fosse tua a filha que outro homem abandonou e de certa forma, eras o único pai que ela tinha. Porque Pai é aquele que ama, que cuida. A seguir, criaste-me, ensinaste-me o melhor que podias, tudo o que podias como um segundo Pai.
Não me esqueci, avô.
Não me esqueci de como me chateava quando me "obrigavas" a fazer exercícios de matemática. Não me esqueci de como me deixavas fazer batota a jogar às cartas. Das brincadeiras nas costas da avó. Do jogo do macaquinho do chinês.
Não me esqueci de nada disso, avô. Nem das histórias do tempo dos Mouros, de quando me levavas para o campo nem do moinho. O tempo passa, a dor atenua mas as saudades e as lembranças, essas nunca me largam. És o meu anjinho da guarda, acredito cegamente nisso não tivesse eu já tido provas disso. Não foi sorte, não foi acaso, foi um anjinho que olhou por mim naquele momento.
Onde quer que estejas, não te esqueças o quanto Te Amo, meu melhor amigo, meu avô Nunes, como te chamava.
Miss You My Hero, My Super-Man. 
  


Share This Article:

CONVERSATION

6 comentários :

  1. Ele está sempre a olhar por ti querida :)

    ResponderEliminar
  2. Oh, Ellie! Também perdi o meu avó mas mais recentemente! Revi - me tanto no que disseste!

    Beijinho grande e força aí!
    Mia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado querida, força também para ti nesta fase em que tudo parece negro, sem luz. Um dia doerá menos, acredita. Não passa totalmente, isso não mas a dor atenua.

      Eliminar
  3. Oh Ellie, deixaste-me com o coração apertado. Parabéns pelo homem que o teu avô foi e pelas lindas memórias que te deixou. Ele há-de viver sempre em ti, no teu coração, nas tuas memórias e agora também nestas tuas palavras!

    ResponderEliminar
  4. Ai querida infelizmente sei o que é essa dor, este mês o meu avô também fazia anos :( Força

    ResponderEliminar