Já posso pôr os pés no chão


Nós mulheres, morremos de medo de qualquer coisinha fora do normal relacionado com o peito, com os ovários, o útero e essa trapalhada toda que temos e nos faz mulheres, certo?
Como aqui falei em Setembro, nessa altura fiz uma ecografia mamária por me doer imenso as mamas (é assim que os médicos lhes chamam, não me venham com pandeleirices), doía-me mesmo muito quando a menstruação se avizinhava. Doía ao ponto de até a roupa me incomodar.
Bem, nessa altura acusou as glândulas inflamadas e um nódulo pequeno. Só com a palavra nódulo as sirenes na minha cabeça dispararam naquele segundo. Comecei a imaginar mil cenários e nenhum favorável, mesmo com as palavras tranquilizadoras da médica, que não era nada de mais, que era normal nesta idade aparecer estas coisitas. E eu pensei "E também é normal aparecer doenças filhas da puta em qualquer idade, do nada".
Tinha de repetir a ecografia 6 meses depois para ver se evoluiu ou não, e depois logo se veria o passo a dar.  Pensei no assunto durante uns dias e depois pus de lado, enchendo-me de esperança e agarrando-me a energias positivas, que não seria nada de mais. Mas sabemos que é mentira, que não descansamos enquanto não estiver tudo resolvido, e 6 meses de espera é muito!
Hoje lá fui eu, a caminhar a 2 palmos do chão, mas felizmente e graças a Deus o maldito desapareceu! Evaporou-se nestes meses e ainda bem! Já posso pôr os pés no chão e viver a minha vida como se não houvesse amanhã, porque estas coisas assustam e fazem-nos ver as coisas de outra perspectiva, quer queiramos ou não.

Share This Article:

,

CONVERSATION

8 comentários :

  1. Ainda bem que desapareceu, menos uma preocupação né!
    E aproveita mesmo bem a vida, tal como disseste, como se não houvesse amanhã :)

    ResponderEliminar
  2. Ainda bem que não foi nada e que tudo não passou de um susto. Agora é sorrir para a vida e aproveitar.

    ResponderEliminar
  3. Imagino que te tenha dado umas valentes dores de cabeça, mas ainda bem que tudo correu bem.:)

    Another Lovely Blog!, http://letrad.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  4. Li o post com o coração "apertado", porque posso não te conhecer perfeitamente, mas tu tens sido incansável e saber que alguém poderia ter essa doença... Ninguém merece!
    É ótimo saber que o nódulo desapareceu!
    Beijinhos <3

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Graças a Deus não foi nada, mas estava com receio :/

      Eliminar