Dentes de Ouro || Fase 2




Como falei no post anterior, hoje irei contar-vos como foi a fase 2 da minha luta dentária.
Depois daquele aparelho no céu da boca cujo objectivo era afastar-me os dentes e criar espaço, apareceu-me uma geringonça nova à frente. Só de olhar para aquilo na primeira vez, quase morria de susto, já para não falar das dores que tive, do incómodo e das inúmeras questões de novo "Porquê eu? Porquê a mim? O que fiz de mal para merecer isto?".
Chama-se Máscara de Tracção e o objectivo era de alguma forma, travar o maxilar inferior e avançar o superior. Claro que não bastava isso, fosse como fosse eu sabia que só a cirurgia me iria resolver o problema mas todos os passos, todas as fases, foram em prol de uma cirurgia (quando chegasse a altura) mais fácil e por consequente uma recuperação mais rápida e menos dolorosa.
Usei aquela coisa durante meses, talvez alguns anos. Já nem me recordo. Só sei que tinha de dormir com aquilo e fiz um trato com a minha mãe em que há 5ª feira não colocava a máscara de forma a ter pelo menos 1 noite de sono decente por semana.
Apesar do desconforto, acabei por me habituara dormir com aquele arpalhão na fronha. Primeiro estranha-se depois entranha-se.
Digo mais, entre a máscara e o 3º aparelho, preferia a máscara 5mil vezes mais, mas claro que não podemos fugir ao que para nós está guardado e só tive de "calar e aguentar", literalmente.

Sei que para muitos esta rubrica, estes pequenos textos, não dizem nada, mas continuo com esperança que possam ajudar alguém que esteja a passar ou já passou, pelo mesmo.
Se for o caso de uma dessas pessoas estar a ler isto, não estás sozinho, sejas quem fores. Existe milhares de pessoas como nós, algumas até bem pior. Custa, dói, é complicado...sim. No meu caso não tinha qualquer referência de outra pessoa com o mesmo problema, apesar de saber que existiam, nunca tive contacto com essas pessoas e por isso basicamente, sofri sozinha. Porque não é igual falar-mos do assunto com os nossos pais, os nossos amigos que podem compreender mas não conseguem colocar-se no nosso lugar, e conversar com alguém dentro do assunto.
Bom, até à próxima e aconselho a prepararem-se para o próximo «aparelho infernal».

Share This Article:

CONVERSATION

2 comentários :