Dia após dia, os amores mortos não cessam de morrer.


Queria poder dizer que sinto a tua falta, que tenho chorado rios de lágrimas ou que esta semana e meia sem qualquer contacto contigo foi uma grande merda. Mas estaria a mentir.
Sinto a falta sim, daquele rapaz que conheci, que era doce e empenhado e também sinto a falta da pessoa que eu era nessa altura.
Mas não tenho saudades do que nos tornámos. Não tenho saudades do que te tornaste. Casmurro, orgulhoso e com gosto em me magoar para arranjar mais brigas. Desde o início, sempre quis o teu bem, queria que crescesses e fosses uma boa pessoa, que fôssemos bons um para o outro mas o tempo só mostrou que, de todo, nunca funcionaria. Em vez de nos aproximarmos cada vez só nos afastámos mais e mais.
Nunca entendi nem devia ser para eu entender, porque é que eras assim, o que te tornou assim? Só tentava que cuidasses de ti, que te importasses contigo mas a tua preocupação era sempre outra, e eu fartei-me.
Tu dizes que estavas farto de me ouvir e eu farta de te aturar. De aturar as tuas promessas "é no próximo mês" e nunca foi. E eu já não acreditava em ti nem no que dizias, porque sabia como ia ser. Sempre soube mas burra como era, deixava passar, tentava mais uma vez, e outra, e no fim só perdi foi tempo numa coisa que estava condenada desde o início.
Se errei? Claro que sim.
Mas desta vez quem tem a pedir desculpa és tu. Não fiz mais do que tentar que fosses ao dentista arranjar os dentes e ficar com um sorriso como um rapaz da tua idade devia ter, e não de um homem velho e desleixado. Mas eu estava sempre a dizer o mesmo não era? Eu até queria "mandar" no que fazias ou não com o teu ordenado. Ai meu querido, achei uma graça a isso que ainda me estou a rir.
Nunca ouvis-te dizer que enquanto uma mulher falar é porque se preocupa contigo, preocupa-te antes quando ela se calar? Pois, se calhar não.
Não vou correr atrás de ti outra vez. Não vou mesmo. 

Share This Article:

CONVERSATION

6 comentários :

  1. Se acabou é porque tinha de ser. Força!

    ​Cátia ∫ Meraki

    ResponderEliminar
  2. Há pessoas que não merecem a nossa preocupação, está mais que provado. Um dia ele vai olhar para trás e irá arrepender-se de tudo o que fez. Nessa altura provavelmente será tarde demais.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Duvido que se arrependa, faz parte do tipo de pessoa que é. Mas nem me interessa ^^

      Eliminar