Séries || Flashpoint | 24 | 24:Legacy | Chuck | Eye Candy | Covert Affairs



«Flashpoint é uma série emocionante que acompanha as vidas dos membros da SRU (Unidade de Resposta Estratégica), enquanto resolvem situações que envolvem reféns, acabam com gangues e desarmam bombas. Trabalham utilizando técnicas para entrar na mente dessas pessoas e chegarem ao seu ponto mais vulnerável. O sargento Gregory Parker lidera toda a equipa nas suas missões. A série é baseada nas histórias reais da Força Tarefa de Emergência da Polícia de Toronto.»


Nos EUA: Terminada
The Choice: Terminada



«Cada episódio mostra uma hora em tempo real e todos os acontecimentos da temporada passam-se durante um único dia. Os telespectadores podem acompanhar os personagens através de momentos únicos num dia que ninguém jamais irá esquecer. Na sexta temporada, Os Estados Unidos torna-se alvo de vários ataques terroristas de proporções comparadas ao 11 de Setembro. E para que houvesse um cessar fogo, por parte dos terroristas, eles exigem que Jack Bauer lhes seja entregue vivo»

Vi alguns episódios da série quando passava na RTP2 (24H seguidas),acabei por ficar curiosa e decidi acompanhar a série desde o início. 

Nos EUA: Terminada
The Choice: A ver






«Um heroi militar regressa a casa, mas os seus problemas continuam a persegui-lo. Acaba por ter de  pedir para a CTU salvar a sua vida - e subsequentemente ajuda a interromper um dos maiores esquemas de terrorismo em solo americano da história.»

Visto que ando a ver 24h, faria todo o sentido ver também a 24:Legacy, já que é uma espécie de continuação. Veremos o que sai daqui.


Nos EUA: A estrear em 2016/2017
The Choice: Para ver






«Chuck Bartowski é um especialista em computadores que trabalha com o seu melhor amigo, Morgan Santos. Chuck é um nerd viciado em jogos de computador que não consegue ter uma namorada sequer, apesar da ajuda da irmã, a doutora Ellie Bartowski. No seu aniversário recebe um email de um dos seus ex-colegas da faculdade – agora agente da CIA – que lhe mostra uma série de imagens que ele imagina ser de pouca importância. O que ele não sabe é que descarregou na sua mente uma base de dados com informações confidenciais do Governo. Esses dados são activados no seu cérebro com singulares detonadores que lhe mostra imagens rápidas ... Imagens estas que ele precisa aprender a descodificar

Comecei a ver Chuck numas férias de Verão, na RTP2. Depressa me tornei mais do que fã viciada que não conseguia parar até saber o que ia acontecer a seguir. 
Para quem gosta de séries de mistérios, intriga, que nos prendem ao ecrã, recomendo. 

Nos EUA: Terminada
The Choice: Terminada





«A série segue Lindy Sampson, personagem interpretada por Victoria Justice, uma garota de 21 anos que está tentando encaixar as peças da sua vida após o desaparecimento da irmã, Sara — um episódio terrível que ela testemunhou.
Lindy recomeça a sua história numa nova cidade: Nova York. Agora dedica-se a resolver os mistérios de outras pessoas que nunca mais foram vistas, usando as suas habilidades hackers e, muitas vezes, burlando as leis. Persuadida pela amiga a tentar encontrar um namorado a partir do aplicativo “Flirtual”, Lindy começa a suspeitar que um de seus pretendentes pode ser um homem perigoso que está perseguindo-a.
Quando os seus contatos na polícia descobrem que existe um potencial serial killer na cidade, todos os sinais apontam para o misterioso stalker de Lindy. Unindo-se à unidade de crimes cibernéticos e aos seus amigos hackers, ela está decidida a resolver esses assassinatos, enquanto tenta levar a justiça, do seu próprio jeito, às ruas de Nova York.»
Ouvi tanto falar da série que acabei por começar a ver. Mais uma daquelas séries que queremos saber rapidamente o que acontece depois. O único senão foi o seu final inacabado e repentino, que me deixou "Então mas...? E agora??"

Nos EUA: Cancelada
The Choice: Terminada




«Ela pode ser nova na mais secreta organização do governo americano, mas Annie Walker tem os instintos, a tenacidade e a persistência que podem transformar esta mulher comum numa arma letal.
Apesar da sua primeira missão terminar inesperadamente numa chuva de balas, Annie não se sente ansiosa nem questiona a sua promoção para agente de campo. Tudo isso só a deixou mais determinada a ser a melhor e completar todas as suas missões com brilhantismo. Num piscar de olhos, uma missão rotineira pode se tornar um verdadeiro caos e quando Annie se vê em situações sem regras ou para as quais não foi treinada, tudo o que ela pode fazer é confiar na sua intuição. Uma pena que sua intuição não a preveniu de ter o coração partido pelo homem que acreditava ser o amor da sua vida... Mas isso aconteceu há dois anos. Agora a CIA e os seus riscos são uma mudança bem vinda - quase como um refúgio. Quando Annie se atira de cabeça no seu novo trabalho, rapidamente percebe que isso significa levar uma vida dupla, mentindo para família ou enfrentando terroristas perigosos em qualquer canto do mundo e derrotando inimigos da sua nação. Ao contrário da sua irmã mais velha, Danielle, que trabalhou duro para construir uma vida estável e segura, Annie gosta da natureza imprevisível do trabalho para a Agência. Mas ela logo vai descobrir que manter-se emocionalmente desprendida pode ser mais difícil do que sobreviver às missões.»
Comecei a ver a série através da SIC e decidi ver do início. Sempre fiquei dividida, uns episódios são brutais e outros quase que dá para adormecer, embora tenha sido uma boa série no geral.
Nos EUA: Cancelada
The Choice: Terminada

Share This Article:

CONVERSATION

2 comentários :

  1. Eu gostava tanto de "eye candy" deu-me imensa pena ter sido cancelada!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A mim também. Fiquei naquela "Então o que aconteceria agora???"

      Eliminar