Quero comprar um carro, e agora?


Ora bom dia criaturas, tudo bem por aí? Claro que sim, é Sexta-Feira, né? :P
Hoje trago-vos um post que talvez possa ser útil para quem está a pensar comprar um carro, o que me fez alguma falta quando andava em busca do meu carro perfeito.
Como sabem, já andava com a ideia de trocar de carro a algum tempo mas só em Março consegui alcançar esse objectivo.
 Tenho carta há 3 anos e uns mesinhos, e o meu primeiro carro - um Citroen AX com tantas anos de idade quanto eu - começou a ter todos os problemas típicos de carro velho. Nunca me deu dores de cabeça, mas quando começou foi umas atrás das outras.
Vamos lá então:

1º Pesquisa. Quem já vai com um determinado carro em mente, sabe o que procura, é mais fácil. Ou não.
Pessoalmente, levei muitos meses de pesquisa em sites de carros para venda à procura do meu carro ideal. Primeiro andava a sonhar com um VW Golf. Vi um Peugeot 207 e perdi-me de amores, mas foi o Opel Corsa Enjoy que me roubou o coração.
Mas quem não sabe bem que carro quer, aconselho umas visitas a uns stands da vossa zona e tirarem algumas ideias.

2º Não se enforquem à primeira. Há muitos stands, muitos vendedores (uns melhores que outros) e muitos carros.

3º Ponderem os prós e contras dos carros que vos deixarem indecisos. Preferencialmente, levem o pai (ou outro macho qualquer que saiba minimamente alguma coisa sobre carros). Para além de vos dar mais confiança e fazer o vendedor pensar 2 vezes antes de vos enganar, sabem sempre o que é melhor para nós.

4º Tenham atenção ao preço relativamente ao combustível e ao estado em que o carro se encontra. Por exemplo, um carro VW com mais anos é mais caro que um carro Opel mais recente.
Já para não falar que os carros mais novos a Diesel já não compensa, a menos que façam muitos KM's diários. Há partes do motor que precisam de aquecer a uma determinada temperatura para limpar resíduos do combustível. Se fizerem 5KM diários num carro a diesel não vos compensa e ainda têm problemas mais tarde com sujidades que ninguém quer.

5º Não cometam a loucura de serem do Sul e ir ao Norte comprar um carro, ou Vice-Versa. Lembrem-se que se houver problemas, com um stand da zona podem lá ir chatear o homem as vezes que quiserem.

6º Nunca confiem na palavra do vendedor. Pode dizer que fez a revisão no dia antes, que tem óleo novo e tudo mais, e ainda vos assegura com a sua palavra. Não caiam nessa. Abram sempre o capô pareça bem ou mal ao homem. Já me arrependi de ter confiado na palavra do meu vendedor mas felizmente tenho um pai que percebe dessas coisas e resolveu o assunto.

7º Quem não se sente muito confortável em dever dinheiro ao banco, é preferível (se possível) juntar o dinheiro aos poucos e pagar tudo na hora. Poupam juros e com sorte, se souberem regatear, o preço do carro baixa alguma coisa.

8º Apaixonem-se pelo vosso carro, cuidem dele, estimem-no e sejam felizes ao volante.

(Pode haver muitos mais tópicos a abordar mas no momento acho que são os únicos que me ocorrem e parecem mais importantes.)


Share This Article:

CONVERSATION

6 comentários :

  1. Olá, minha querida! :)
    Como é que tens estado? Tive IMENSAS saudades de te ler!
    Gostei imenso destas dicas, principalmente, porque estou a pensar tirar a carta em breve e preciso de ideias para comprar um carro ahah. :)
    Beijinhos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como primeiro carro, e depende das tuas finanças, aconselho um carro já com mais alguns anos. Não digo um a cair aos bocados, mas para ganhar prática e assim. :)

      Eliminar
  2. tambem quero arranjar um carro ja tenho carta a 4 anos mas nc tive nenhum, a carte foi prenda dos pais d 18 anos o carro e q nc ca chegou...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. R. Tens tu de comprar:) o 1o que tive ja estava ca em casa, parado há uns anos. Era do meu pai e andei nele até ter dinheiro para comprar este ;)

      Eliminar