Nicholas Sparks | O Diário da Nossa Paixão (1)

1ª Edição: 1996

«Todas as manhãs ele lê para ela, de um caderno desbotado pelo tempo, uma história de amor que ela não recorda nem compreende. Um ritual que se repete diariamente no lar de idosos onde ambos vivem agora. Pouco a pouco, ela deixa-se envolver pela magia da presença dele, do que lhe lê, pela ternura … E o milagre acontece. A paixão renasce, transpõe o abismo do tempo, as memórias perdidas, e por instantes ela volta para ele…Apesar da doença.Mas haverá mais.
Todos os dias, ele lê-lhe a história de um simples rapaz sulista e de uma rapariga destinada a brilhar na high society. A primeira paixão,clara como a manhã orvalhada de maravilha e descoberta. Afastados depois pela impiedosa exigência do abismo que os separa. Catorze anos mais tarde, ele é um sobrevivente da guerra e ela está a poucos dias de tornar-se a mulher de um outro homem. Mas volta por uma necessidade imperiosa de o rever. O reencontro traz de novo toda a magia.
Terá o amor poder suficiente,desta vez?
Mas haverá mais. Sempre.»

Desde há alguns anos que sou fã de Nicholas Sparks. Já tinha lido todos os livros dele. Uns comprei, outros emprestaram-me... mas agora que já não me lembro de metade do que li, decidi completar a colecção aos poucos e reler desde o primeiro ao último. Sou maluca, eu sei. Mas há livros que merecem ser relidos. 

Share This Article:

, ,

CONVERSATION

6 comentários :

  1. Parece ser uma história fantástica.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu gostei :) E o filme então é mesmo para chorar.

      Eliminar
  2. Nunca li, a minha mãe também tem os livros todos mas eu talvez tenha lido dois, não mais que isso...

    ResponderEliminar
  3. Respostas
    1. Quase toda a gente conhece o filme mas nunca leu o livro:)

      Eliminar