Séries | Frequency



«A detective Raimy Sullivan sempre quis provar que não era como o pai. Em 1996, quando Raimy tinha oito anos, o oficial da polícia de Nova York, Frank Sullivan deixou a família para trás e trabalhou disfarçado, foi corrompido e acabou assassinado. Ou essa foi a história contada.
Poucas pessoas sabiam da operação secreta que Frank realmente fazia parte, liderada por Stan Moreno, que agora é o chefe da polícia. O antigo parceiro de Frank, o tenente Satch Reyna, agora é o mentor e amigo de Raimy, e implora para que ela deixe para trás a dor e a mágoa que sente por causa do desaparecimento e da morte de Frank, mas as antigas dores ainda persistem. Raimy quase não consegue falar sobre o pai, mesmo com o namorado Daniel ou com o seu amigo de infância, Gordo.
Agora, 20 anos depois, Raimy fica abismada quando uma voz surge no velho rádio do pai — é Frank, transmitindo pelas décadas directo do ano de 1996. Ambos ficam chocados e confusos, mas Raimy deixa Frank ainda mais agitado quando avisa que a missão secreta que ele participará vai terminar na sua morte. Armado com conhecimento, Frank sobrevive ao ataque,no entanto, a mudança dramática na história afecta dramaticamente a vida de Raimy no presente — com consequências trágicas. Separados por 20 anos, pai e filha reúnem-se numa frequência que apenas eles podem ouvir, mas será que conseguirão reescrever a história das suas vidas sem arriscar tudo que amam?»
Frequency é uma série nova que começou na semana passada. Não sabia bem ao que ia mas fiquei curiosa e decidi ver o primeiro episódio. Ainda estou à procura do meu coração porque realmente, fiquei parva com o episódio piloto. Espero sinceramente que não se armem em otários e decidem cancelar a série mesmo antes de ter realmente começado. Recomendo!

Share This Article:

CONVERSATION

8 comentários :