Taylor Jenkins Reid | Tu, Eu e Todo o Tempo do Mundo


«Quando Elsie Porter saiu de casa naquele chuvoso dia de Ano Novo estava longe de pensar que minutos depois conheceria o seu grande amor, Ben Ross. A atração é imediata e arrebatadora, e casam-se pouco tempo depois. No entanto, um acidente mortal destrói a felicidade de Elsie. Para a ajudar a lidar com a dor, conta com a mãe de Ben, numa manifestação de amizade que se revelará de enorme importância para as duas. Uma história contada de maneira simples e profunda.»

Desconhecia completamente a existência deste livro, mas ainda bem que o encontrei naquela mesa de sugestões na Biblioteca. Quando passei, a capa e o título fizeram-me logo olhar duas vezes. Li a sinopse, agradou-me, mais um para o monte que já tinha nas mãos.
Não sei bem o que esperava mas sem dúvida que superou qualquer expectativa, sobretudo por não ser nada chato; ter partes que aconteceram no passado e outras no presente mas estarem bem definidas e bem ligadas, não é daqueles livros que tanto anda para trás e para a frente que já não percebemos ponta de corno da história.
É um pouco trágico mas faz-nos pensar e questionar algumas coisas que por vezes achamos que está garantido, achamos que temos todo o tempo do mundo e a vida troca-nos as voltas. Sem dúvida que é um daqueles livros que tem algo para nos ensinar.
Conhecem? Já leram?

Share This Article:

,

CONVERSATION

4 comentários :

  1. Parece-me bastante bem =) É por essas e por outras que adoro ir buscar livros à Biblioteca. Existem sempre novos autores e livros por descobrir e sendo gratuitos não temos que passar horas a analisar a nossa escolha (como me costuma acontecer nas livrarias).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas é que é mesmo! :D Tenho uma grande lista de livros que quero ler, mas cada vez que saio da biblioteca a lista aumenta :P

      Eliminar