Não falavam do fim do mundo?

Imagem do blog às 9

Desde Sábado que o assunto é o mesmo em todo o lado, na TV, nos jornais, nas redes sociais, até mesmo nas esquinas; Pedrogão Grande e a sua tragédia.
Choca ver aquelas imagens, do que sobrou de hectares de floresta, de aldeias destruídas e quase reduzida a metade da população que por si só já era pouca. E sobretudo, parte-me o coração ver aquela estrada que apelidam de estrada da morte. A estrada onde vemos os carros queimados, uns com portas abertas deixando adivinhar que alguém tentou escapar para morrer logo ali a meia dúzia de passos de distância. Famílias inteiras que ali terminaram, naquela estrada.
Deus queira que nunca saibamos o que isso é, o que é ir-mos descansados da vida a passear e do nada ver-mo-nos cercados pelo inferno sem fuga possível e no fundo, saber que é o fim da linha.
Aquelas pessoas que sobreviveram e ficaram sem nada, sem família, sem casa, sem nada... isso faz-me chorar e questionar-me onde anda Deus nestes momentos. Quantas pessoas matam a família, ou um vizinho por causa de uma coisa tão estúpida e saem impunes? Porque tiveram aquelas pessoas de morrer? Porquê aquele castigo? A meu ver, morrer queimado deve ser a morte mais horrível que existe.

Resta-nos apenas esperar pelo melhor e ajudar os que ficaram. Os que sobreviveram e os que lutam todos os dias para nos salvar arriscando as suas próprias vidas.

Falam tanto sobre o fim do Mundo... para mim isto é o fim do mundo... lentamente, aos poucos de cada vez, até não restar mais nada.

A todas as pessoas que perderam alguém, a quem ficou sem nada, e aos que faleceram...o meu coração está com todos vós.
O meu enorme obrigada aos nossos bombeiros e restante pessoal envolvido, esses sim são uns super-heróis que nem precisam de capa nem de um S no peito. 

Share This Article:

CONVERSATION

12 comentários :

  1. É muito triste o que está a acontecer e não consigo imaginar o que todas as pessoas envolvidas estão a sentir.

    ResponderEliminar
  2. estes incêndios estão horríveis :(

    r: há-de chegar a minha vez de ir trabalhar, obrigada :)

    ResponderEliminar
  3. Das piores noticias que alguma vez o nosso país ouviu. O meu coração está com todos os que sofrem.

    ResponderEliminar
  4. Li este post de coração apertado. Tens tanta razão. É incrível como de um momento para o outro, sem nada que o faça aparentemente prever naquele exacto momento, acontece uma tragédia como estas :(

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não se podia evitar totalmente se começou realmente com um raio mas se houvesse prevenções muita coisa poderia ser evitada mas como é típico do nosso país; casa assaltada trancas nas portas... todos os anos a história repete-se, porque não prevenir? fazer algo a respeito? Nahhh deixa andar. -.-

      Eliminar
  5. Eu que lá passo férias há uns três anos é triste ver como ficou :(

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não costumo ir para aqueles lados mas posso adivinhar que pouco restou :(

      Eliminar